A urgência em debater os paradoxos da Internet

Publicado: 6 de agosto de 2012 em direitos autorais, internet, open knowledge, software livre
Tags:, , , , , , , , , ,

Aos 6 de agosto de 2012, nasce o blog Internet Paradox. A ideia é construir um espaço de debate e reflexão em torno de questões fundamentais para a sociedade contemporânea: as possibilidades comunicacionais e as potencialidades democratizantes trazidas pela Internet. Dentro destes temas, há uma infinidade de assuntos para discutirmos, como a obsolescência e a arbitrariedade da indústria do copyright (além da própria reflexão conceitual da propriedade intelectual); a batalha entre padrões abertos de conhecimento e informação versus padrões proprietários e fundamentalmente comerciais; acesso a bens culturais e a economia da cultura na era digital; direito à comunicação, entre outros.

Convido os interessados neste debate a sentirem-se em casa, colaborando e dialogando com o blog. Sem grandes pretensões imediatas, a utopia deste veículo é justamente esta: estabelecer um espaço dialógico entre indivíduos que se interessem pelo tema. Afinal, o nosso protagonismo é fundamental para garantir que a Internet continue um espaço livre e democrático. Bem-vindo!

Sobre o autor

Meu nome é Felipe Bianchi e sou graduando em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo. Nasci em São Carlos (SP) e fui acolhido (brevemente) pelas inesquecíveis cidades mineiras de Ouro Preto e Mariana, onde iniciei meus estudos em Comunicação. Hoje, moro na cinzenta São Paulo. O interesse pela temática da Internet ocasionou a monografia de minha iniciação científica, intitulada Controle, Poder e Democracia na Sociedade Informacional, produzida no Centro Interdisciplinar de Pesquisa (CIP) da Faculdade Cásper Líbero,  no ano de 2011 e sob a orientação de Gilberto Maringoni. Caso queira entrar em contato, meu endereço de e-mail é felipebianchi89@gmail.com.

Assim como em períodos históricos anteriores, o espaço público emergente, enraizado na comunicação, não é predeterminado em sua forma por nenhum tipo de destino histórico ou necessidade tecnológica. Este será o resultado de uma nova fase da mais velha luta da huma idade: a luta para libertar nossas mentes. (Manuel Castells)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s